Skip to content

Trabalhador 4.0

PPS4

Trabalhador 4.0

No contexto industrial da Internet das Coisas (IoT), muita atenção tem sido dada às máquinas e, pelo contrário, pouca atenção tem sido dada ao agente humano como elemento relevante desse universo. Apesar do crescimento verificado nos níveis de automação na execução das operações industriais, existem ainda muitas tarefas manuais às quais e estão associados a riscos que podem comprometer o conforto e o desempenho dos trabalhadores, ou mesmo a saúde e segurança dos mesmos. Neste setor, as empresas de vestuário são as que envolvem uma maior intervenção dos operadores no processo de desenvolvimento do produto final e são muitos os estudos que permitem constatar que esta profissão apresenta vários riscos para o desenvolvimento de doenças ocupacionais, pois é uma atividade repetitiva e complexa.

Apesar da representatividade desta indústria a nível nacional e internacional, ainda muito se pode fazer para melhorar as condições de trabalho das costureiras. Perante isto, desenvolver novas soluções que proporcionem o bem-estar, motivação e a retenção de recursos humanos para esta área profissional é de extrema relevância e uma necessidade urgente.

Este PPS pretende desenvolver um exosqueleto robotizado, cruzando disciplinas como a ciência dos dados e a robotização, construído em base têxtil, flexível, vestível e ativo, que se adapte ao corpo e aos movimentos realizados, de forma a não perturbar os movimentos inerentes às operações de costura para a melhoria dos movimentos ergonómicos e do desempenho das costureiras, garantindo um aumento da sua força, velocidade e resistência.