Skip to content

ID Têxtil sustentável e circular 4.0​

PPS1

ID Têxtil sustentável e circular 4.0

A sustentabilidade e a economia circular são temas centrais e prioritários na indústria têxtil e do vestuário, assistindo-se a iniciativas promovidas por marcas, governos, ONG e consumidores, iniciativas estas orientadas para o aumento da sustentabilidade do setor e para a transição para uma economia circular. Dos vários problemas referenciados no setor, as questões da rastreabilidade, transparência e da circularidade dos têxteis pós-consumo são comummente apresentadas como desafios urgentes.

Ter acesso a informação segura e fiável da sustentabilidade e/ou circularidade dos produtos têxteis, incluindo informação sobre quem, onde, como, com o quê e em que condições o produto foi fabricado, garantindo uma maior ética empresarial no setor têxtil e vestuário, é cada vez mais reclamado.

Este projeto procurará definir e desenvolver algo semelhante a um “product digital twin” do produto têxtil, ou seja, uma cópia digital do produto com ênfase na vertente da sustentabilidade e da circularidade, de modo a poder suportar serviços para os vários intervenientes do ciclo de vida do produto. Exemplos desses serviços são: A possibilidade de um consumidor aceder, através de uma aplicação móvel, à informação sobre o nível de sustentabilidade e circularidade do produto pretende adquirir, nomeadamente um sistema de classificação associado a esse nível, que permitirá ao consumidor fazer uma opção consciente; um reciclador ter acesso à composição dos artigos têxteis, bem como das substâncias químicas de elevada preocupação incorporadas numa peça têxtil durante o seu processamento, ou; um profissional do setor perceber quais são os potenciais impactes ambientais e de circularidade de uma determinada gama de artigos têxteis, na fase de seleção de um fornecedor.

Um elemento crítico para este leque de serviços é a recolha de informação que é necessário realizar a partir dos locais onde as etapas produtivas da cadeia têxtil ocorrem. Esta recolha terá que assegurar que os dados necessários são recolhidos e ao menor custo, privilegiando soluções de recolha automática de dados, como de ERP.

Para que a ligação entre o produto físico e o digital nunca seja quebrada, nomeadamente durante o ciclo de utilização, este projeto ira dedicar atenção ao desenvolvimento de um identificador robusto que vá mais além de uma simples etiqueta.